.

.
Vem pra FACIBRA!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

PROFESSORES EM GUERRA!

PROFESSORES DECLARAM GUERRA CONTRA O GOVERNADOR



Nota Pública da APP 
sobre o caos no início do ano letivo

As escolas iniciam o ano letivo com dívidas, pois o Estado não repassou dinheiro nos dois últimos meses de 2014.

A APP-Sindicato vem a público manifestar seu repúdio ao desrespeito com que o Governador Beto Richa está tratando a educação pública do Paraná.

Resultado: o mau uso do dinheiro público e a desorganização na gestão do Estado instalaram o caos nas escolas estaduais.

As escolas iniciam o ano letivo com dívidas, pois o Estado não repassou dinheiro nos dois últimos meses de 2014. As escolas estão sem merenda, pois a mesma ainda não foi entregue. E também, sem professores, pois não há previsão de contratação de professores/as temporários antes do início das aulas.

No último dia 31/01 o Governo retirou 10 mil Funcionários/as das escolas e demitirá 30% deles/as. São aqueles que têm o menor salário do Estado. As merendeiras e o pessoal da limpeza, além do administrativo. As escolas não terão como funcionar. É impossível!!

Toda a distribuição de aulas realizada em 2014 foi cancelada, e na semana pedagógica quando os/as professores/as, funcionários/as, direção e equipe pedagógica deveriam estar organizando a escola para o reinício do trabalho estarão novamente a repetir a distribuição de aulas. Os mais atingidos em todo esse processo serão os/as estudantes, crianças, adolescentes, jovens e adultos desse estado.

Os/as estudantes, no dia 09 de fevereiro, deveriam ser recebidos na escola com toda a estrutura necessária. Infelizmente encontrarão a escola sem merenda e sem outros itens básicos por falta de dinheiro. Encontrarão professores/as e funcionários/as desmotivados, pois foram desrespeitados pelo governador Beto Richa que não pagou os/as professores/as que trabalham nas APAES e demais conveniadas desde dezembro. Não pagou o auxílio alimentação dos/as funcionários/as de escolas. Não pagou o 1/3 de férias devido aos/à educadores/as, e ainda, não pagou a rescisão dos contratos de 29 mil professores/as contratados temporariamente (PSS).

PACOTAÇO E DESRESPEITO atinge toda a população - No final de 2014 o Governador Beto Richa enviou à Alep vários projetos de lei que aumentaram os impostos para a maioria da população. Aumentou em 40% o IPVA e a tarifa de ICMS de mais de 95 mil produtos.

Transporte público: o governador cortou o subsídio do transporte integrado de Curitiba e RM o que vai causar mais desembolso aos/às trabalhadores/as.

Aposentados/as: o governador diminuiu em 11% o salário dos/as aposentados/as que contribuíram a vida toda com a previdência retornando a contribuição previdenciária taxando o salário dos mesmos.

Dívidas na Educação:

- 29 mil professores/as sem pagamento: aproximadamente 130 milhões.

- Atrasados na carreira de 2014: aproximadamente 90 milhões.

- 1/3 de férias: aproximadamente 150 milhões.

- Falta do Fundo Rotativo (repasses de recursos às escolas para despesas com materiais de limpeza e diversos), além da falta da Merenda escolar.

É possível começar as aulas com tantos desmandos? É possível algum profissional SEM SALÁRIO TRABALHAR com carinho e dedicação como a educação necessita?



Gastos do Estado:

Está cada vez mais difícil encontrar a transparência nas contas do Estado. Mesmo assim temos levantado junto ao DIEESE- Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, que assessora os/as Servidores/as do Estado, as principais despesas do governo:

- vários decretos de cortes de custeio; nenhum realizado;

- aumento em processamento de dados em 4.000%, rompendo com a política do software livre;

- gastou em publicidade e propaganda 400 milhões;

- aumentou em mais de 295% os valores dos salários dos cargos comissionados.

Para cumprir compromissos de final de ano antecipou receitas extraordinárias, que depois faltarão:

- vendeu em 2014, 600 milhões em ICMS, antecipando receitas;

- renegociou dívidas (Refis), recolhendo 250 milhões;

- em precatórios renegociou e arrecadou 100 milhões.

Essas medidas já impactam na receita de janeiro. Vários fornecedores e, principalmente, a falta devida de pagamentos aos/às servidores/as. A má gestão dos quatro anos do Governo Beto Richa explode nesse momento. O pacotaço de maldades somente terá efeito a partir de abril. Enquanto isso o Governador aumenta seu próprio salário (o maior do país) e de seus secretários e deixa trabalhadores/as sem salário. ESTADO DE DESRESPEITO. ESTADO DO CALOTE!

A INDIGNAÇÃO é generalizada no Estado. Reuniões de Diretores/as de escolas, professores/as e funcionários/as junto com a APP aconteceram em todo o Estado. Há muita dificuldade de se iniciar o ano com essa situação.

Repudiamos todo o desrespeito com que o governador Beto Richa e sua equipe de governo têm tratado a educação pública do nosso Estado. Chamamos todos e todas a lutar conosco em defesa da qualidade da educação pública para nossos/as estudantes. Pedimos o apoio a toda sociedade para que os/as trabalhadores/as da educação possam ter condições dignas e humanizadas de trabalho, e para que nosso trabalho e nossos direitos sejam respeitados.                           
                                                                     
Direção Estadual da APP-SINDICATO





Happy Birthday To You!






A brazense Daiane Oliveira recebendo hoje os parabéns dos amigos e familiares pela troca de idade.

14 comentários:

  1. Cade os puxa sacos de plantão do Beto Richa, Taidinho, Cristovam e o fura pedágio que vive fazendo votos em Wenceslau por causa do Laranja, claro recebe uma boa grana pra não fazer nada, o nome desse cidadão se chama Romanelli, é o maior chupa bola do Beto.

    ResponderExcluir
  2. Daya linda u.u
    Parabéns sahsuah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Daiane, feliz aniversário! Super gata!!!!

      Excluir
  3. Cade os eleitores do Requião que FALA SEMPRE QUE PROFESSOR GANHA BEM SÓ QUE OS MARIDOS NÃO TRABALHAM

    ResponderExcluir
  4. Cade os puxa sacos do Beto, cambada de fdp.

    ResponderExcluir
  5. não ta bom peça a conta. é uma vergonha o bando de professora nesse nucleo que só sabe reclamar que ganha poco. vai trabalhar na ranca de feijão pra ver se gosta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estudaram muito para isso, vai você seu ignorante,que nao estudou nem a EJA, alguém tá se intrometendo em sua vida, vai terminar de colher o seu feijão cuide de sua vida!!!

      Excluir
    2. E porque você não faz isso porque que tem que ser os professores, quem mandou votar na Dilma!

      Excluir
  6. Esses professores só estão preocupados com a vida deles. Porque não reclamam do desvio de combustivel que está sendo jogado pra debaixo do tapete.

    ResponderExcluir
  7. os professores votaram no traidinho e no beto richa agora tão reclamando porque tomaaaaaaa

    ResponderExcluir


  8. Por que isto é importante

    Deputado Tadeu Veneri, o povo que assina a presente petição já cansados dos mandos e desmandos do Governador Beto Richa, vem requerer a Vossa Excelência o encaminhamento desta petição ao Presidente da ALEP, requerendo a abertura de PROCESSO DE IMPEACHMENT CONTRA GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, BETO RICHA (PSDB) ) por descumprir a Constituição, onde não cumpriu o índice mínimo de 12% de receita do governo do estado na saúde nos anos de 2011, 2012, 2013 e 2014. Bem como requerem a criação de uma CPI para apurar as razões de não estar pagando as contas do estado, por não pagar os direitos dos policiais militares, não pagar direitos dos funcionários públicos, por não cumprir os acordos com transporte coletivo, por aumentar o próprio salário estando em crise de caixa. Mesmo em crise autorizou pagamento de aluguel de 8 (oito) veículos pagando uma verdadeira fortuna. Para apurar onde foi parar a arrecadação do Estado e os motivos que a receita não está sendo suficiente para cobrir as despesas, bem como as razões de do Estado não ter dinheiro para honrar os compromissos. Para apurar todas as irregularidades que vem sendo noticiado na mídia. Para apurar finalmente se houve ou não desvios de recursos do tesouro público para outros fins. URGENTE.






    https://secure.avaaz.org/po/petition/AO_DEPUTADO_TADEU_VENERI_ALEP_ASSEMBLEIA_LEGISLATIVA_DO_ESTADO_DO_PR_ABERTURA_URGENTE_PROCESSO_DE_IMPEACHMENT_DO_GOVERNA/?lRuNWdb&pv=0

    ResponderExcluir
  9. Pra começar... 30% dos preofessores esaduais que trabalhavam no NRE, foram pra sala, 30% dos funcionário PSS pais de família estão no olho da rua, graças ao Digníssomo Richa, Professores e demais funcionários públicos sem receber férias e demais vantagens, as quais tem direito por terem estudado mais do que vc q só sabe falar que professor reclama de barriga cheia. Acredito que a grande maioria fez campanha para o Requião, pos sabiam da seu compromisso com a educação, mas muita gente no Paraná inteiro foi na cabeça dos prefeitos que trabalharam em peso para o atual governador que agora está se mostrando um verdadeiro Ditador. Convido as pessoas que acham que professor ganha demais, estudar a metade doque les estudam pra dair conversar de igual pra igual. Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Tem gente que fala muita bobagem, não leu a notícia, leu somente o título e se leu não sabe ou entendeu o que está escrito. Depois escreve um merda achando que está certo. Povo ignorante que não sabe lutar por seus direitos e aceita todos os desmandos dos governantes, pois só sabe reclamar sentado no sofá de casa, exatamente como muitos políticos gostam do povo, fácil de ser engando e de memória curta. Quando há aqueles que resolvem lutar por um país melhor são taxados de vagabundos, preguiçosos, baderneiros. Realmente está difícil viver nesta terra chamada Brasil.

    ResponderExcluir